0800 70 45670 [email protected]
Retail Trends Pós NRF debate o futuro do varejo

Retail Trends Pós NRF debate o futuro do varejo

Varejo 4.0, internet das coisas, revolução tecnológica e humanização dos processos foram apenas alguns dos temas debatidos no evento Retail Trends Pós NRF, que aconteceu em São Paulo (SP) no dia 6 de fevereiro. Especialistas e consultores que participaram do evento NRF Retail’s Big Show, em Nova Iorque, apresentaram suas conclusões a respeito do evento na Big Apple.

Um dos principais temas debatidos foi o relacionamento duradouro entre cliente e fornecedor. “Hoje não podemos nos dar ao luxo de entrar na vida dos consumidores apenas no momento em que ele está considerando comprar alguma coisa”, afirmou a diretora executiva da GS&Malls, Janice Mendes. Para ela, que palestrou no Retail Trends Pós NRF, é importante participar da vida do cliente, criando uma cultura de experiência de compra que traga resultados.

Beth Furtado, da GS&MD Conteúdo e Relacionamento, trouxe à tona o tema da indústria 4.0 e a industrialização do varejo. “A indústria 4.0 traz uma força tecnológica grande. Até que ponto o varejo adota e se beneficia destas soluções tecnológicas?” questiona.

A NRF Retail’s Big Show, que aconteceu em Nova Iorque de 10 a 17 de janeiro de 2020, é o mais importante evento de varejo do mundo, com exposição de produtos e tecnologias de última geração. O evento também proporciona seminários e debates com a apresentação de cases de sucesso de empresas mundialmente conhecidas. Foram aguardados cerca de 600 expositores na feira de tecnologia e mais de 300 palestras em três dias de evento.

O evento Retail Trends Pós NRF debate o que foi apresentado em Nova Iorque sob uma ótica de especialistas brasileiros. Estão programadas edições para Rio de Janeiro, Salvador, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte e Florianópolis.

Haco leva tecnologia RFID para evento

O encontro no Retail Trends Pós NRF foi de muito contato e networking para a Haco, que levou sua tecnologia RFID para o hall de exposições no evento. As aplicações do RFID não se restringem à identificação, locação e controle de produtos para otimizar a gestão de estoque. Na moda, por exemplo, a etiqueta RFID inibe a falsificação, garantindo a qualidade do produto que chega às mãos do consumidor.

A tecnologia RFID garante um melhor serviço ao consumidor, precisão de praticamente 100% no controle do estoque e um aumento de receita devido ao corte de desperdícios e furtos. O RFID promove ganhos em setores como indústria, varejo e logística.  Clique aqui e acesse o site da Haco RFID para saber mais sobre a tecnologia.